Páginas

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Madeixas: Penteados para cabelos cacheados

Hello, meninas!
Vocês já repararam o quanto é difícil achar penteados para as cacheadas? (Quase) Sempre que vemos um penteado bonito por aí, ele foi feito especificamente para cabelo liso ou ondulado, não é mesmo?
Mas, calma, se você também passa por esse dilema, vamos te ajudar!

Coque sofisticado
Se você quer um penteado que dure e dome os cabelos a noite toda, invista no coque rosquinha.Fácil de fazer: basta cortar a parte dos dedos de uma meia (limpinha, por favor! Rs), e posiciona-la no começo do rabo feito no alto da cabeça, mas com a raiz fofa. Cubra bem a meia com os cabelos e vá prendendo as mechas todas dentro da meia.Deixe alguns cachos soltos nas laterais para dar textura natural. E tá pronto!

Meio Preso
Se você tem cabelo fino e oleoso, deve usar dry shampoo na raiz antes de começar o penteado, evitando a oleosidade.
Em seguida, aplique ativador de cachos mecha por mecha, enrole com babyliss médio e prenda com grampos cada pecha.
Depois, divida uma parte da franja e deixe separada. Com  um pente fino, desfie bem a raiz no topo da cabeça e prenda algumas mechas laterais ,formando um topete.
Leve o cabelo todo para um lado, e prenda com grampos, deixando-os de lado. Solte com os dedos algumas mechas dos cabelos para que as pontas fiquem irregulares, não tão arrumadinhas. Finalize com spray de fixação.


Semi preso
Este penteado é perfeito para quem quer fugir dos presos, quer a sensação dos cabelos nos ombros sem que eles estejam ao sabor do vento.
Então, faça do volume o seu aliado e prenda a parte de cima, formando um leve topete com mechas laterais.
Deixe a raiz bem fofa e prenda com alguns grampinhos. Deixe o restante dos cabelos com cachos soltos, se for preciso modelar os cachos, faça um babyliss largo. Use um produto termoativador antes de modelar.

Essas foram as dicas, meninas! Espero que gostem e tirem proveito de todas.
Um beijo, boa semana e até a próxima :*

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Madeixas: Couro cabeludo dolorido

Hello, meninas!
Na hora de pentear ou enxugar os cabelos surge um pequeno incômodo que com o tempo não melhora e vai se tornando cada vez mais forte? Assim é a sensibilidade do couro cabeludo, que pode acontecer por diferentes causas!


A manifestação do problema é diversa. Em alguns casos pode haver dor e, em outros, descamação e ardência. Tudo depende de qual é o motivo da área estar sensível. Veja a seguir qual é o seu tipo de sensibilidade do couro cabeludo e opte pelos melhores cuidados.

Dor no couro cabeludo
Cerca de 20% das mulheres que têm queda do cabelo reclamam de uma sensibilidade dolorosa quando passam as mãos nos fios ou penteiam o cabelo. Ele tem função de proteção do couro cabeludo, com a queda de cabelo, a diminuição da densidade dos fios pode tornar região desprotegida’.


Couro cabeludo descamando e coçando
Em casos mais graves, em que há descamação de crostas da área, a caspa pode causar alteração da espessura do couro cabeludo e, consequentemente, ardência e coceira na cabeça. Doenças como psoríase, uma descamação intensa que pode acontecer no corpo todo e micoses também podem causar sensibilidade. Os tratamentos químicos, como escova progressiva e tinturas, podem machucar o couro cabeludo e, por isso, são causas comuns do problema.

Cuidados caseiros com o couro cabeludo
A recomendação dos dermatologistas é sempre tomar cuidado ao mexer nos cabelos. Evitar lavar o cabelo com água muito quente, fazer movimentos delicados ao lavar e secar com toalha, não usar o secador muito quente e evitar procedimentos capilares com química caso esteja tratando a sensibilidade.

Tratamento para o couro cabeludo


O tratamento deve ser feito após uma avaliação do dermatologista e consiste, inicialmente, em tratar a causa do problema. Portanto, a caspa ou a queda de cabelo devem ser resolvidas para que a sensibilidade seja também curada. O dermatologista prescreverá medicações para aliviar os sintomas da sensibilidade, como loções com medicação anti-inflamatória, antialérgicos e analgésicos. Além disso, podem ser recomendados shampoos e outros produtos capilares mais suaves e com menores chances de causar irritação no couro cabeludo.

Fiquem atentas, quanto antes procurar ajuda, melhor! Então é isso meninas, espero que ajude! Um beijo, bom começo de semana e até a próxima :* 

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Decor: Dando um up em paredes esquecidas

Sem idéias praquela parede vazia, triste e sem vida?! Que tal personalizá-la do seu jeito?! ;)
Hoje em dia é muito mais acessível  e rápido encontrarmos acessórios, como adesivos, papéis de parede, stickers... para aplicar e personalizar alguma parede que caiu no esquecimento ou que você gostaria de mudar e você não sabe por onde começar.
Abaixo, algumas ideias para você criar uma identidade visual em alguma parede perdida da casa.

Aplicação do papel de parede no fundo de um painel onde a televisão está instalada é uma ótima sugestão para quem estiver em dúvida de colocar ou não um painel de madeira, por exemplo.


E quem disse que não podemos utilizar nos banheiros?





E que tal colocar na parede sob a cabeceira da sua cama?

Olha esta ideia de nicho embutido de parede de Dry-wall, com iluminação embutida e direcionável, e você ainda pode brincar com a aplicação na parede!

Tem um vídeo da Casa e Jardim, no qual a diretora de Redação Simone Quintas aceita o desafio de instalar o papel de parede. O legal é que podemos nos identificar com as "dificuldades" de aplicação deste material! Clique aqui para conferir.

Em caso de dúvidas em relação as cores, tamanho, desenhos e da maneira correta de instalação, procure sempre  um profissional capacitado. Assim, você evitará perdas e gastos desnecessários.

Gostou? Confira o blog SEU JEITO | SUA CASA que tem muito mais dicas iguais a essa!
Beijinhos,

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Madeixas: como resolver 8 capilares problemas em um instante

Olá meninas, tudo bem?

De todos os rituais de beleza, provavelmente os que envolvem os cabelos são os mais sagrados para a mulher. De acordo com uma pesquisa realizada por uma marca de cosméticos, seis em cada dez mulheres latino-americanas não saem de casa se não tiverem tempo de arrumar os cabelos do jeito que gostam.

Mas perder festas, eventos e compromissos por causa de problemas capilares não faz o menor sentido! Por isso, listamos dez desastres que podem acontecer até com as mulheres mais cuidadosas, e buscamos soluções rápidas e fáceis. É para nunca mais um probleminha capilar estragar seu dia, hein!


1. Exagerei no spray fixador e meu cabelo ficou duro
O ideal é pegar um pente fino e desembaraçar o cabelo levemente, começando pelas pontas e indo até a raiz. Nem pense em usar a escova! Ela faz com que o spray se transforme em uma espécie de pó branco e isso pode deixar o cabelo com cara de sujo.
É importante lembrar que o cabelo ainda terá fixador, mas ficará com a aparência mais natural. Se quiser tirar mais produto, use água termal. Ela hidrata os fios e é rica em sais minerais. Muitas pessoas usam na pele e não sabem que é boa também para o cabelo. ;)

2. Passei muito óleo e meu cabelo ficou um grude!
Já dá para fritar um ovo no cabelo? Esse pesadelo pode ser resolvido com shampoos à seco... Aplique o spray nos fios, deixe agir por alguns minutos e escove para tirar o excesso de produto.
Use uma solução caseira: folhas de papel-toalha para absorver o óleo. Não dá o mesmo resultado que o shampoo à seco, mas resolve o problema.
Antes da chegada do queridinho shampoo à seco ao mercado, o mais comum era utilizar o fixador para retirar um pouco a oleosidade.

3. Dormi com o cabelo úmido e acordei com a franja em pé
Segundo  especialistas, não é aconselhável dormir com o cabelo umedecido. Mas a gente sabe, às vezes acontece. Nesse caso, o ideal é molhar mais uma vez a franja e secá-la de novo com o secador. Se o problema for somente a franja, secar não vai levar muito tempo.

4. Fui fazer ondas com o babyliss e meus cachos ficaram modelados demais

A ideia era ficar Gisele Bündchen, mas você acabou como a menina Maysa? A dica aqui é pegar o modelador que tenha usado, prender as mechas novamente e passar como se fosse uma chapinha. Não enrole a mecha novamente, apenas a prenda no modelador, isso fará com que ela fique mais natural.
Mas, se você não tem esse tempo todo, a dica é passar uma escova do tipo raquete nas madeixas suavemente. Repita o processo até que o cabelo fique da maneira desejada. Outra possibilidade é usar os dedos para soltar os fios, eles ficarão mais naturais.

5. Saí na rua com o cabelo molhado, e o vento o fez virar uma bagunça

O produto-chave aqui é o óleo reparador de pontas. Se a mulher for sair com o cabelo molhado, é importante sempre manter um desses produtos na bolsa, para abaixar um pouco a bagunça. Se o óleo ficou em casa, a sugestão é prender os fios. Quando perceber que o cabelo está ficando armado, divida os fios no meio e faça dois rabos-de-cavalo para dentro, torcendo e prendendo como se fossem coques. Isso vai modelar os fios. Além disso, ande sempre com uma escovinha para domar o cabelo. Pode ser dobrável, ela salvará muito do seu tempo em várias situações.

6. A cor do meu cabelo está desbotada e não vou ter tempo de retocar

Para que seu cabelo volte totalmente à cor desejada o ideal é ir ao cabeleireiro, mas, na falta de tempo, use shampoos matizadores ou roxos no caso de cabelos loiros, eles irão ajudar a tirar o amarelado. Se você tem cabelos mais escuros, os shampoos tonalizantes podem melhorar a situação.

7. Meu cabelo está muito sujo e não vou ter tempo de lavá-lo

A dica é usar e abusar do shampoo à seco. Passe o produto por todo o cabelo, faça uma trança ou um rabo de cavalo e vá à luta. Não tem um desses em mãos? Prenda as madeixas no topo da cabeça e estilize o penteado passando gel na parte presa; o esforço é mínimo e o penteado dá um ar estiloso.

8. Fui tomar banho e lavar o cabelo e não tinha mais shampoo
Nessa situação, a estrela é o condicionador. Para imitar o shampoo, massageie o cabelo com o sabonete diário, mas sem exagerar na quantidade, pois esse ressecará o cabelo. Antes de enxaguar, entre com o condicionador, massageando do mesmo modo. Retire o produto e repita o processo, mas sem sabonete, como utilizaria o condicionador normalmente. É importante lembrar que isso só deve ser feito em último caso.

Então, meninas, gostaram das dicas? Espero que sim... Curtam e compartilhem para as amigas!
Beijos, bom início de semana e até a próxima :*

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Decor: Jardins e hortas verticais

Episódio de hoje: Jardins e hortas verticais. Mais inspirações com a utilização de pet, garrafas de vidros potes etc...

Hortinha Vertical
Tábuas de madeira, presilhas de alumínio e compotas de vidro vazias de geléias, maionese, azeitonas... Ótima ideia para apartamentos!



Aqui, utilizou-se um quadro (ou moldura) para fazer um fundo, recortando as garrafas plásticas de água, e fazendo uma bela hortinha vertical... Fofo!

Abaixo, reaproveita-se a água regada nos primeiros vasinhos... Bem sustentável!

Outra ideia bacana é a utilização da garrafa pets na horizontal, fixadas com uma espécie de cordão, formando um varal vertical...







Jardim vertical
Vejam que charme com a utilização do painel do fundo em bambú...

A treliça abaixo é um varal inutilizável, forrado com barbante ao redor de todo aro, fixando a parte superior das garrafas com arames. As pedrinhas brancas ficaram uma gracinha...

E flutuante?! Também fica bem legal!


E até com latas de alumínio...













Gostou? Confira o blog SEU JEITO | SUA CASA que tem muito mais dicas iguais a essa!
Beijos,

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Madeixas: Máscaras de cabelo ideais para você

Hello meninas, tudo bem?
Todo mundo descansado (pelo menos tentando, né?) depois desse feriadão gostoso e agora é tempo de voltar à rotina! E, para não perder o costume, vamos falar das nossas madeixas? :)

Sabe aquela máscara que a sua amiga achou incrível e não teve o mesmo efeito no seu cabelo? O motivo é simples: o seu cabelo não é igual ao dela.
Cada fio precisa de um tratamento específico e cada máscara oferece um tratamento diferente. É importante ler os rótulos para entender o que cada produto traz. Usar um hidratante que não é necessário pode danificar os fios, por exemplo.
A melhor forma de identificar sozinha o que seu cabelo precisa é avaliando os processos químicos pelos os quais o fio já passou. Se o cabelo tiver alisamento ou descoloração, certamente ele precisará de uma reconstrução, já que a química utilizada é muito forte. Porém, se ele for natural, vai precisar apenas de uma hidratação. Por isso, hoje vamos explicar essas diferenças.

Imagem: Google
1. HIDRATAÇÃO
É recomendada para cabelos que não possuem processo químico. Segundo os cabeleireiros, o ideal é que esse tratamento seja feito uma vez por semana em casa. Mesmo que o cabelo seja natural, sem química, ele precisa ser hidratado. Uma dica é sempre procurar produtos com óleo de argan, aloe vera e minerais.

2. NUTRIÇÃO

A máscara nutritiva é indicada para cabelos com colorações ou cacheados. Esse tipo de máscara ajuda a repor os lipídios presentes no cabelo, que ajudam a manter a oleosidade natural e a impermeabilizar os fios. A máscara nutritiva também é muito indicada para cabelos cacheados, já que as ondas do cabelo dificultam que a oleosidade do couro cabeludo chegue até todo o comprimento. Para nutrir os fios, é indicado procurar produtos que tenham óleo de amêndoas, manteiga de karité, aminoácidos, proteína da seda ou óleo de argan na fórmula.
Imagem: Google
3. RECONSTRUÇÃO
Quando o cabelo passa por um processo químico muito forte, como alisamento, permanente ou descoloração, ele precisa de um tratamento reconstrutor. Se os fios estão muito frágeis e quebradiços, é sinal de que o cabelo precisa ser reconstruído. O produto irá tratar as camadas externas, devolver o brilho, maciez e o balanço natural.
É recomendável que o primeiro tratamento de reconstrução seja feito no salão e que continue em casa. É possível ver as mudanças logo na primeira aplicação, pois os fios ficam mais fortes e resistentes. Na hora de comprar a máscara reconstrutora, recomenda-se produtos que possuam proteínas, ceramidas, arginina, soja e complexo de queratinas em sua composição.

E aí, deu para aprender as diferenças?
Lembrando que é sempre bom pesquisar sobre os produtos ANTES de utilizá-los!
Um beijo, bom começo de semana e até a próxima :*