Páginas

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Trip tips: Paris em 10 lugares - parte I

É forçado, é tendencioso e, mais do que isso, praticamente impossível, resumir uma cidade tão grande, bonita e rica culturalmente como Paris em apenas 10 places to go. Na verdade, nem mesmo uma vida inteira na cidade parece ser suficiente para absorver tudo aquilo que ela tem a oferecer, seja em museus, praças e jardins, lojas e monumentos históricos: Paris possui um leque tão variado de opções, e para tantos gostos, que é bem difícil não se apaixonar pela cidade.
No entanto, o tempo apertado das viagens e a curiosidade em meio a tantas opções torna mega necessário um guia prático, fácil e verdadeiro sobre os lugares que traduzem Paris em sua melhor forma, oferecendo a mais completa verdade do être parisien. Conhecer esses lugares é mais do que descobrir um pouquinho mais sobre Paris, mas também é absorvê-la aos poucos, digeri-la com cuidado e, no fim, descobrir o amor...
Nessa semana, mostrarei pra vocês 5 desses lugares e, no próximo post, outros 5. Venham comigo!


Torre Eiffel
O maior símbolo turístico da França é também a sua atração principal, recebendo diariamente milhares de visitantes curiosos com o que uma torre, tão grande e imponente, possui de tão poderoso no imaginário internacional.
Na verdade, essa resposta é tida assim que você a vê, exuberante, a sua frente: como a idealização de um sonho, a arquitetura da Torre e o que ela representa (ei, você está em P-A-R-I-S) já são, por si só, emocionantes.
Para completar, é possível também subi-la: na sua primeira parte, com restaurante e lojinha de produtos típicos; na segunda, com uma das vistas mais exuberantes da cidade. Encare a fila enorme do elevador ou opte pelas escadas (filas menores) – no final das contas, você não vai se arrepender. ;)

Ponte Alexandre III
Mais um símbolo da cidade, a Ponte Alexandre III é mais um exemplo da soberana arquitetura francesa, em um perfeito exemplo art noveau. Com querubins e cavalos alados, impressiona todos que passeiam nas margens do rio Sena.
Além disso, ela não é a única ponte famosa na cidade: não deixe de conhecer também a Pont des Arts, famosa por seus (agora, retirados) cadeados, que podem ainda ser encontrados nas pontes seguintes. Anyway, passear pelas pontes parisienses também é uma forma de conhecer um pouco mais a cidade e sua história.

Arco do Triunfo
Marco das conquistas napoleônicas, o arco foi construído em comemoração às vitórias militares por Napoleão Bonaparte em 1806, e desde então é um símbolo do poderio militar francês.
Além de também possibilitar a subida até o seu topo (com uma vista bem legal!), o Arco chama a atenção dos turistas pela sua arquitetura, marcas e inscrições, além do túmulo do soldado desconhecido na sua base.


Museu do Louvre
O museu mais visitado do mundo não poderia deixar de constar na nossa lista. Além de contar com um dos maiores acervos já registrados, o Museu impressiona por sua arquitetura e conservação, com corredores grandiosos, arte nas próprias paredes e uma beleza sem fim.
Quer uma dica? Não tente conhecer todo o museu em só um dia, isso é humanamente impossível. Ao contrário disso, selecione as obras que mais te interessam e prepare-se para andar muito: por ser dividido em segmentos e períodos históricos, as obras principais não estão tão próximas assim.

Sainte Chapelle
Uma das mais bonitas e impressionantes da França, possui também uma história bem interessante: dividida entre a capela principal, no andar superior, reservada ao monarca e à nobreza, e a capela inferior, destinada aos funcionários e moradores do palácio, a Capela possui um dos mais bonitos e grandiosos vitrais do mundo, que contam a história de Cristo.
Além disso, a entrada de diferentes luzes ao longo do dia garante uma atmosfera absolutamente impressionante no seu interior.

É isso, minha gente!
No próximo post, fechamos os lugares top 10 de Paris, ok?!
Até a próxima!
Beijinhos,

Nenhum comentário:

Postar um comentário