Páginas

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Hora da make: tudo sobre bases

Olá meninas, tudo bem?

Para àquelas que ainda possuem muitas dúvidas quando o assunto é base, não se preocupem! O post de hoje está recheado de informações sobre esse produto indispensável na maquiagem. Então, vamos lá:


Para que serve a base? Por que devo usá-la?
A base tem a função de igualar o tom da pele, assim como amenizar manchas e imperfeições, deixando a pele mais bonita e uniforme.

Qual a base ideal para mim?
Antes de comprar uma base, você tem que pensar em duas coisas: sua necessidade e seu tipo de pele. É necessário levar em conta se você tem muitas manchas, linhas de expressões, ou se sua pele é mais oleosa ou mais seca, por exemplo. 

Qual deve ser o tom da minha base e como escolher?
A ideia é que a base sirva como uma segunda pele, já que ela serve para amenizar imperfeições e uniformizar o tom da pele. Portando, a base deve ser do tom exato da pele do seu rosto.
Mas nem sempre encontramos nosso tom exato, então, escolha o tom mais próximo da sua pele e acerte-o com um pó compacto. E o jeito certo para escolher o seu tom exato de base, é testando. O teste deve ser feito no próprio rosto. Aplique um pouco de base na linha da mandíbula e analise se o tom está em harmonia com o tom do seu corpo, já que o corpo costuma ser um pouco mais bronzeado do que o rosto. Então, lembre-se: quando for comprar uma base, vá com o rosto limpo e sem maquiagem!

Quais são os tipos de base e como aplicar?
Base líquida: Esse tipo de base é a que mais oferece naturalidade no resultado final. A base líquida é mais maleável e, por isso, é uma das mais fáceis de se aplicar. Possui uma cobertura mais fina e, geralmente, não cobre manchas muito escuras e nem olheiras tão pigmentadas. É indicada para peles que não possuem muitas imperfeições. Para aplicar, use a ponta dos dedos ou pincel.

Base Cremosa: Bases cremosas possuem uma cobertura mais espessa, capaz de cobrir e esconder grande parte das imperfeições, além de serem mais hidratantes. Por ter a cobertura um pouco mais alta, esse tipo de base é indicada para eventos noturnos. Para aplicar, você pode usar as pontas dos dedos, uma esponja ou o pincel para base.

Base em mousse: A base em mousse possui uma cobertura média, mas, mesmo assim, deixa um resultado final mais natural. A maioria é oil free (livre de oléo) e com acabamento matte. Para aplicar, use um pincel ou esponja.

Base em pó: Em pó solto ou compacta, a base em pó proporciona um efeito sequinho na pele, logo, um efeito mais opaco. Proporciona um acabamento mais leve, mas é possível construir camadas e, assim, deixar a pele com um acabamento mais pesado. Na hora de escolher, dê preferência às minerais, que possuem ingredientes naturais. Para aplicar, use uma esponja, ou se preferir, o pincel seco ou molhado.

Base em bastão: A base em bastão possui uma textura mais densa e proporciona alta cobertura, sendo considerada a versão mais pesada de uma base, podendo servir também, como corretivo. É ideal para cobrir manchas, marcas de acne, olheiras acentuadas, entre outras imperfeições. Para aplicar a base em bastão, basta deslizar a base pelo rosto e espalhar com os dedos, ou se preferir, com a ajuda de um pincel.

Pancake: Assim como a base em bastão, o pancake também possui uma textura mais densa e expessa, proporcionando alta cobertura. É ideal para corrigir peles com muitas manchas. O pancake é um produto que sela bem os poros, segura a oleosidade e dura bastante na pele. É bastante usado para caracterização no teatro, cinema, shows etc. Para aplicar, basta umedecer a esponja que geralmente acompanha o pancake.

Qual é a melhor para mim?
Antes de escolher a sua base, é importante saber qual o seu tipo de pele, pois cada tipo de pele pede um tipo de base específica, e, assim, você poderá determinar qual produto é melhor para você  e que terá maior fixação na sua pele.
Dentre os demais tipos de pele, podemos fazer a seguinte classificação: peles mistas à oleosas e peles mistas à secas...
Para as peles mistas à oleosas, que produzem mais oleosidade, principalmente na "zona T" (testa, nariz e queixo), as bases ideais são as livres de óleo (oil free) e hidratantes, bases mais fluídas e de preferência em gel, que sejam fáceis de espalhar, mas, que tenham secagem rápida. É importante também, que a base tenha uma alta cobertura, no caso do uso para eventos noturnos.
Quem tem esse tipo de pele, pode optar também pelas bases em pó, em mousse e em bastão. Bases com essas características, deixam a pele sequinha e sem brilho por muito mais tempo, além de durarem mais na pele.
Já para as peles mistas à secas, que são mais ressecadas e geralmente tem as linhas de expressões um pouco mais marcadas, as bases ideais são as mais líquidas e finas, que possuem componentes hidratantes e cremosidade. Bases com essas características proporcionam hidratação à pele e não evidenciam ainda mais as linhas de expressão.

Bom, é isso meninas! Espero ter ajudado vocês de alguma forma... Qualquer dúvida ou sugestão para o próximo post, deixe nos comentários!

Um beijo e até a próxima semana!

Nenhum comentário:

Postar um comentário