Páginas

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Madeixas: Caspa, como combater?

A dermatite seborreica, mais conhecida como caspa, é um problema muito comum e nos incomoda bastante, né, meninas? Ela ocorre com maior frequência nos meninos, contudo, não estamos livres desse problema. Mas sorriam, isso também tem solução! Mas, primeiramente, vocês tem que descobrir o que está causando.

Causas da caspa
A caspa pode ser causada por fatores físicos ou psicológicos. Dois dos hábitos mais comuns que nos levam a ter caspa são a lavagem e a secagem incorreta dos cabelos. Eles devem ser lavados com água morna e/ou fria, nunca quente. Além disso, após lavá-los, devem ser secos e nunca prenda ou durma com o cabelo molhado.
Outra condição que dá caspa é o aumento de óleo nas glândulas sebáceas. A escamação no couro cabeludo é normal e ocorre ao longo de toda vida, mas em épocas de muito estresse ou durante a adolescência – quando há maior atividade destas glândulas – o aumento das escamas fica ainda mais evidente.
Normalmente as áreas mais afetadas pela caspa são o couro cabeludo, o rosto, a região genital, as axilas, a região torácica e os sulcos nasais. Ela também pode afetar a região das pálpebras e comprometer os cílios com eritema e descamação, neste caso, ela será chamada de blefarite.

Dicas para diminuir a caspa
I. O primeiro passo é investigar o que está causando a dermatite seborreica. Se a causa não for aparente, o ideal é procurar um dermatologista para que ele(a) detecte o problema e encaminhe você para o tratamento adequado.
II. Procure sempre lavar o cabelo com shampoo anti-caspa e com água em temperaturas amenas. Desta forma, você diminui potencialmente as chances de ter caspa.
III. Invista em um estilo de vida saudável, com alimentação balanceada e nunca dormindo com os cabelos molhados (e também nunca deixá-los úmidos por muito tempo). Além disso, ao secar o cabelo com secador, evite deixar o secador virado diretamente para o couro cabeludo; Em vez disso, direcione-o mais nos fios ao longo do cabelo e menos na cabeça.

Lembrando que, o primeiro passo, que é procurar um dermatologista é essencial para que vocês façam o tratamento corretamente, ok? Espero que as dicas ajudem muito vocês! Um ótimo começo de semana e até a próxima :*

Nenhum comentário:

Postar um comentário