Páginas

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Não terminou em empate!

À dez rodadas do fim, o Brasileirão não tem os resultados bem definidos. O meio da tabela continua embolado, com a diferença de pontos bem pequena. Na zona de rebaixamento, apesar de estar quase certa a ida de pelo menos dois times à série B (Náutico e Ponte Preta), outros dois ainda tem chances de sair e outros, de entrar. Em meio disso, tivemos um clássico no campeonato: Botafogo e Flamengo se enfrentaram pela 28° rodada e, diferente dos últimos anos, o jogo não teve o tradicional empate.

A diferença de estilos das duas equipes é bem clara: os alvinegros jogam trabalhando a jogada, buscando os lados, e os rubronegros aceleram mais o jogo, saindo em velocidade. O time comandado por Oswaldo de Oliveira foi mais completo e finalizou melhor, teve mais chances reais de gol e ficou bem mais tempo com a bola no primeiro tempo. Entretanto, em boa parte da primeira etapa, o Flamengo foi mais perigoso. E foram os rubronegros que pularam na frente. Aos 13 minutos, Carlos Eduardo começou uma espetacular jogada pela direita e foi parar do outro lado para receber de André Santos e encontrar Wallace na área. Do zagueiro, a bola chegou a Hernane e o Brocador fez o que mais costuma fazer: mandou para o gol: 1 a 0. O alvinegro reagiu: aos poucos, de forma pensada, aproveitando um recuo do Flamengo, e com a qualidade individual do mestre Seedorf. Caindo, de carrinho, ele jogou a bola para Gegê, que estava na área. Esse fintou Wallace e fez o gol. O Botafogo estava vivo na partida.

O Flamengo voltou menos defensivo para o segundo tempo, dando sinais de que faria outro gol. Ameaçou num chute de Paulinho e insistiu, mas concluiu, por cima do travessão. Chegou perto da rede com Elias, que deu carrinho e não alcançou a bola por pouco. Mas o tão esperado gol saiu para o time adversário. Rafael Marques pegou de primeira uma inversão de Seedorf e perdeu um golaço, quando a bola bateu na trave do goleiro Felipe. Mas a recompensa veio depois. Aos 18 minutos, aproveitou cruzamento de Gegê e empurrou para o gol. A reação do Fla foi imediata: Elias, livre, concluiu de cabeça no travessão, e Bruninho parou em defesa impressionante de Renan no rebote. Pressão do Alvinegro. Elias esticou-se entre dois marcadores para tocar no cantinho, mas a bola saiu. Logo depois, Luiz Antônio chutou de longe. Wallace tentou, e Rafael Marques cortou em cima da linha. Chicão desviou, e Paulinho quase completou. O Botafogo conseguiu suportar a pressão adversária e alcançou uma vitória decisiva, que o levou a vice liderança do campeonato.

Os outros resultados da rodada foram: Fluminense 1x1 Grêmio, Vitória 2x1 Coritiba, Santos 2x1 Ponte Preta, São Paulo 0x0 Corinthians, Internacional 4x1 Náutico, Criciúma 3x2 Vasco, Atlético Mineiro 1x0 Cruzeiro, Goiás 3x1 Bahia e Atlético Paranaense 1x0 Portuguesa. 

Gostou do post? Não esqueça de curtir e comentar. E você, que acompanha o blog e quer participar, não deixe de mandar um e-mail para grazineves7@gmail.com! Um beijo e até a próxima :*

Nenhum comentário:

Postar um comentário