Páginas

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Troca-troca na liderança

Fica até chato repetir, mas futebol é momento. Um jogo, uma semana, uma bola na trave ou até mesmo a venda de um jogador pode mudar tudo! Há pouco tempo, o Botafogo estava brigando pela liderança, com um time bem competitivo. Mas Vitinho, jogador-revelação do time e um dos principais responsáveis pela bela fase da equipe, foi vendido para o CSKA, de Moscou.

Apesar da classificação no meio da semana para as quartas de final da Copa do Brasil, o Glorioso sentiu a venda de seu prodígio e passou de líder para a quarta posição da tabela. Apesar desta queda, nada é definido, pois a diferença para o primeiro colocado é de apenas quatro pontos. Falando em liderança, o Cruzeiro, atual líder (com 34 pontos), fez um jogo espetacular e de igual para igual contra o Vasco.
Dentro de campo, seria uma disputa entre o melhor ataque do campeonato contra a segunda pior defesa. E, antes do primeiro minuto de jogo se completar, Ceará cobrou lateral e Willian abriu o placar. Mas a pressão Cruzeirense durou apenas dez minutos. Era difícil imaginar o destaque de um jovem que estreava no time titular do Vasco... Recém-chegado do Vitória, Willie começou a sua ótima exibição com um chute cruzado, que empatou a partida. O Vasco cresceu na partida, mas, como vem acontecendo desde o início do Brasileirão, a defesa ficou desprotegida. Na metade da primeira etapa do jogo, os jogadores de meio de campo da Raposa perceberam essa abertura na defesa vascaína e começaram a arriscar chutes de longa distância. Diogo Silva fez boas defesas, mas não o suficiente para evitar o gol de Lucas Silva, que desempatou o jogo, fazendo 2 a 1. Aos 38 minutos. 
O experiente Julio Baptista, que estava fazendo uma ótima partida, marcou o terceiro gol Cruzeirense, numa cobrança de falta. Como dito antes, apesar de algumas falhas, o time Cruzmaltino deu uma resposta imediata. André cabeceou para o fundo do gol, depois do cruzamento de Fágner. Aos 43 minutos, Willie aproveitou um erro de corte do time adversário e, dominando no peito, bateu cruzado e empatou o jogo. 
Na volta do intervalo, o ritmo que foi visto no primeiro tempo diminuiu. Com essa queda, Marcelo Oliveira colocou Dagoberto, aos 13 minutos de jogo, atendendo ao pedido da torcida. A primeira grande chance saiu num lance duvidoso, no qual Willian não devolveu a bola ao Vasco, depois de o árbitro parar o jogo para atendimento de Abuda, machucado, na área. A sequência da jogada teve um bonito chute de Lucas Silva de fora da área: 4 a 3. O Gigante da Colina ainda teve uma boa chance com Montoya, mas Fábio fez boa defesa. Porém, ainda com a zaga aberta, o time do técnico Dorival Júnior deu oportunidade do Cruzeiro chegar e marcar seu quinto gol, aos 41 minutos. E assim, com oito gols marcados, terminou o jogão da 17° rodada. 

E os resultados das outras partidas foram: Grêmio 1x0 Ponte Preta, Goiás 0x0 Atlético MG, Náutico 1x4 Atlético PR, Portuguesa 4x2 Bahia, Fluminense 0x2 Santos, Botafogo 0x0 São Paulo, Corinthians 4x0 Flamengo, Vitória 0x1 Criciúma e Coritiba 0x0 Internacional. 

E você, que acompanha o blog, primeiramente não deixe de curtir e comentar o post. E depois, se quiser mandar uma sugestão ou participar das nossas publicações, mande-nos um e-mail para : grazineves7@gmail.com! Estamos aguardando sua participação. Um beijo e até a próxima.
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Excelente análise!Gostaria que falassem do mengão,seria bom ler algo diferente do que as mídias tradicionais colocam.

    ResponderExcluir
  2. Olá anônimo! Obrigada pelo elogio. Eu tento falar de um jogo diferente a cada post! Pode deixar que falarei mais do seu time ! =)

    ResponderExcluir